Facebook Youtube Twitter Linked ISSN eletrônico: 2007-2422 ISSN impresso: 0187-8336 DOI: 10.24850/j-tyca-imtaVocê está aqui Inicio POLÍTICA EDITORIAL
Decrease font size  Default font size  Increase font size 
Política Editorial

POLÍTICA EDITORIAL

Conteúdo

Interdisciplinar, conformado por contribuições feitas em artigos e notas inéditas, que oferecem contribuições originais científicas e tecnológicas sobre o recurso água e o seu ambiente.

Cobertura temática

Interdisciplinar, relacionada com a água, com prioridade temática nos seguintes âmbitos do conhecimento:

  • Água e energia.
  • Qualidade da água.
  • Ciências hidroagrícolas.
  • Ciências políticas e sociais.
  • Gestão da água.
  • Hidrologia.
  • Hidráulica.

Tipo de contribuições

Artigo : documento científico que trata e comunica pela primeira vez os resultados de uma pesquisa ou inovação de sucesso, cujas contribuições fornecem e incrementam o conhecimento atual em matéria hídrica; 30 laudas no máximo.

Nota : texto inédito que trata avanços principalmente no campo da engenharia hidráulica e da prática profissional relacionado com a água; 15 laudas no máximo.

Alguns trabalhos submetidos ao processo de arbitragem como o artigo podem terminar sendo publicados como notas ou vice-versa. Isto será feito sob proposta em um processo de acordo mútuo entre os autores e o editor reponsável por tema. Ambas as contribuições têm praticamente a mesma estrutura (resumo/abstract e palavras chave, introdução, metodologia, resultados, discusão, conclusões, referências).

Processo de arbitragem

A revista é regida por um rigoroso processo de arbitragem, o qual estabelece que cada trabalho deve ser analisado separadamente pelo menos por dois revisores, sendo eles quem recomendam a sua aceitação, com mudanças menores, a sua aceitação com mudanças maiores, a sua rejeição ou a sua aceitação como nota com as mudanças necessárias. Baseado nestas recomendações, o editor temático responsável emite o parecer final.

Será feito o possível para que pelo menos um dos revisores seja de alguma instituição estrangeira.

Os revisores não poderão pertencer à mesma instituição dos autores que propõem o artigo ou nota para a publicação.

Quando os veredictos se contraponham ou sejam pouco consistentes, o editor temático correspondente poderá dar o seu parecer ou solicitar a intervenção de outros revisores, ou de algum membro(s) do Conselho Editorial.

Nos casos que  o merecem, o editor temático poderá decidir sobre a aprovação ou não de um artigo ou nota com o parecer dos revisores, mais a sua opinião como editor por tema correspondente, ou a do editor-chefe.

Todo artigo ou nota rejeitada não será admitida para um novo processo de revisão.

O processo de arbitragem será desenvolvido sob a modalidade de arbitragem “duplo cego”, de tal forma que tanto os autores quanto os revisores não conheçam o nome da sua contrapartida, a fim de manter a imparcialidade do processo.

Toda documentação associada com o processo de arbitragem se clasifica como confidencial; isto inclui nome dos árbitros e veredictos, para manter a imparcialidade do processo, e dos dados pessoais, a fim de cumprir com as leis da matéria.

Este processo de arbitragem é realizado por especialistas de alto nível, de reconhecido prestígio nacional e internacional no seu âmbito profissional, com a capacidade para avaliar, de maneira confiável e expedita, tanto a qualidade quanto as contribuições originais, assim como o grau de inovação científica e tecnológica do material que é submetido a um veredicto para possível publicação.

Esta participação é considerada uma contribuição profissional, que é realizada de maneira honorifica, ou de tipo pro bônus.

Para a elaboração do seu parecer os árbitros contam com o "Guia para o revisor".

Veredicto final

O parecer que for emitido, derivado do processo de arbitragem, é inapelável.

Autores

Se publican trabajos de autores de cualquier nacionalidad, que presenten sus contribuciones en español o inglés.

Quando o trabalho for aceito para a sua publicação, os autores deverão enviar a versão final nos dois idiomas: espanhol e inglês.

A fim de promover a diversidade de autores e a sua proveniência, um mesmo autor ou coautor não poderá publicar na revista Tecnologia e Ciências da Água mais de dois trabalhos por ano, com exceção de artigos ou notas publicadas nas edições especiais e números extraordinários.

A lista inicial de autores não poderá ser modificada. Ou seja, uma vez que a revista recebe um trabalho (artigo ou nota) não poderá incluir ou eliminar nenhum autor.

No momento de um artigo ou nota serem aceitos para a sua publicação, os autores devem assinar uma licença para publicar, onde cedem os direitos patrimoniais em exclusiva ao Instituto Mexicano de Tecnología del Agua, titular da revista Tecnologia e Ciências da Água. Esta licença é estendida ao uso das imagens ou fotografias que tenham sido encaminhadas à revista; este material será usado para fins de promoção da publicação ou dos próprios artigos.

Os trabalhos (artigos, nota) que sejam divididos em partes ou que se destinam a ser publicados em entregas parceladas, não serão aceitos. O anterior devido a que cada trabalho se revisa de forma independente e geralmente por diferentes especialistas na matéria, o que implica a possibilidade de que alguma das partes seja aprovada e outras(s) não, e a consequência no longo prazo seria a publicação de um trabalho incompleto.

Responsabilidade dos autores

A proposta de um trabalho compromete o autor ou autores para não submetê-la simultaneamente à consideração de outras publicações. Caso o artigo ou nota seja entregue a outro meio para a sua publicação, os autores se comprometem dar a conhecer a Coordenação Editorial, que suspenderá o processo de arbitragem e informará ao Conselho Editorial sobre a decisão tomada pelos autores; a mesma suspensão terá efeito se a revista Tecnologia e Ciências da Água identifica e corrobora uma situação similar.

A responsabilidade do conteúdo, originalidade e autenticidade dos artigos ou notas correspondem aos autores.

Os autores são responséveis da qualidade do espanhol e inglês que utilizem. Se a sua redação for deficiente, será rejeitada a sua contribuição. A revista Tecnologia e Ciências da Água só será responsável pela parte editorial.

Os autores se comprometem a realizar os ajustes apontados pelo editor temático no tempo estabelecido por ele; em caso de incumprimento, o artigo ou nota será retirado do processo de avaliação, e será qualificado como rejeitado.

Os autores deverão ficar atentos para resolver as dúvidas e propostas que apresentem o editor e o coordenador editorial.

Os autores deverão aprovar os testes finais dos seus textos.

Os autores da revista aceitam formar parte do grupo de árbitros da revista Tecnologia e Ciências da Água, com a responsabilidade que isto implicar.

Os autores devem basear-se no “Guia para parceiros” para remitir os seus artigos ou notas.

A porcentagem de auto-citação em um artigo não poderá ser superior de 20%.

Se os autores já receberam a sua carta de aceitação com mudanças e não enviam a versão corrigida antes de dois meses, o seu trabalho será cancelado e deverá passar de novo pelo processo de arbitragem.

Se os autores já receberam a sua carta de aceitação final, com data de publicação, e não enviam a versão final antes de um mês, o seu trabalho será cancelado e deverá passar de novo pelo processo de arbitragem.

Recepção de trabalhos

A recepção de artigos e notas é permanente.

Periodicidade

Edição bimestral.

Haverá uma versão preprint dos artigos e notas aprovados para serem publicados on line, em Word; isto é, sem esperar integrar um número completo. A versão de preprint pode sofrer mudanças ainda no lançamento do número formal.

Edições especiais e números extraordinários

A revista Tecnologia e Ciências da Água poderá publicar números especiais por ela mesma ou em parceria com outras revistas, associações profissionais ou casas editoriais de reconhecido prestígio relacionadas com o recurso água. Neste caso, todos os trabalhos deverão passar pelo processo de arbitragem estabelecido nesta Política Editorial.

Da mesma forma, a revista Tecnologia e Ciências da Água poderá publicar artigos por meio de convite, em reconhecimento à trajetória profissional de destacados pesquisadores.

En ambos os casos será cuidada a qualidade dos conteúdos técnicos e as contribuições científicas.

As edições especiais serão publicadas de forma independente aos números regulares.

Acervo

A revista Tecnologia e Ciências da Água permite consultar em sua versão digital todo o material publicado sem custo, incluindo  as revistas que a precederam: Irrigación en México; Ingeniería hidráulica en México, primeira época; Recursos hidráulicos; e Ingeniería hidráulica en México, segunda época.

Código de ética

A tarefa da revista Tecnologia e Ciências da Água se fundamenta em princípios de imparcialidade, objetividade e honestidade e o seu Código de Ética destina-se a editores, revisores e autores. Está baseado em linhamentos do Committee on Publications Ethics (Comitê de Ética de Publicações, COPE, por suas siglas em inglês). Para consultar a versão completa acessar a: http://revistatyca.org.mx/index.php?option=com_content&view=article&id=242

Acceso

Todos los artículos y notas son de libre acceso. No se tiene ninguna cuota para publicar.

 

linguagem

Español    Português (Brasil)    English    

CÓDIGO DE ÉTICA

Visitas a partir de 01/Janeiro/2017

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter